22/05/2016

Casillero del Diablo Carménère 2013


Olá, pessoal. Hoje trago ao blog um clássico do mundo vitivinícola: o Casillero del Diablo, produzido pela vinícola Concha y Toro, do Chile. A história por trás deste vinho é muito interessante.
Em 1871, Don Melchor, fundador da vinícola, percebeu que algumas garrafas de seus vinhos estavam sendo roubadas. Ele espalhou, então, um a lenda de que, na adega onde roubavam os vinhos, habitaria o próprio diabo.
A degustação de hoje, portanto, é de uma lenda viva: o Casillero del Diablo Carménère 2013. Para quem estiver interessado, a visita à vinícola Concha y Toro, nos arredores de Santiago, também vale muito a pena. Boa degustação!

Foto: André Fuzer
Degustação:

De cor rubi, este Casillero del Diablo possui aromas de frutas negras e vermelhas bem maduras, em especial framboesa, groselha e ameixa. Também são perceptíveis alguns aromas de frutas secas, como avelã; além de alguns toques florais.
No Carménère, uma característica são os aromas vegetais. Além dos vegetais, ainda são claras notas de especiarias, como cravo, baunilha e pimenta. Toques amadeirados e de tabaco também aparecem.
Em boca, trata-se de um vinho aveludado, de acidez controlada, taninos macios. O amadeirado e uma leve tostagem também aparecem, mas não mascaram o caráter frutado da uva. Os toques vegetais e de pimenta também são muito claros, além dos toques de fruta vermelha.

Dica de harmonização:

Este Casillero del Diablo acompanha muito bem carnes grelhadas. Minha dica, portanto, é neste sentido: carne ou peito de frango grelhado ao molho de mostarda.

Ficha técnica:

Casillero del Diablo Carménère 2013 

Safra: 2013
Origem: Vale Central, Chile
Vinícola: Concha y Toro (http://www.casillerodeldiablo.com/)
Uvas: Carménère
Teor alcoólico: 13,5%
Amadurecimento: 70% do vinho amadurece por 8 meses em barricas de carvalho americano
Importadora: vinho comprado no exterior
Preço aproximado: R$ 45,00

Nenhum comentário:

Postar um comentário