23/10/2016

Collina D’oro Malbec 2013


Olá, pessoal. Hoje trago ao blog um malbec brasileiro: o Collina D’oro Malbec 2013, da vinícola Vaccaro, de Garibaldi, na Serra Gaúcha.
Boa degustação!

André Fuzer
Degustação:

De coloração rubi, este malbec possui aromas intensos de frutas vermelhas bem maduras, como amora, cassis, framboesa e cereja. Notas de frutas secas (ameixa e amêndoa) e especiarias (cravo) também aparecem, mas o ponto alto são as notas de tostagem, em especial baunilha e caramelo.
Em boca, é um tinto seco, de corpo médio, com boa acidez, macio e com taninos firmes. Notas de adocicadas, de frutas vermelhas e toques herbáceos aparecem aqui, além de uma pimenta ao fundo. Quando evolui, o caramelo e a baunilha aparecem. O final possui boa persistência.
Este malbec nãose compara aos robustos argentinos de Mendoza, mas é um bom exemplar da uva. Vale a pena ainda conhecer a vinícola, cujo atendimento é muito simpático.

Dica de harmonização:

Este malbec combina bem com carnes vermelhas temperadas com especiarias.
                                                   
Ficha técnica:

Collina D’oro Malbec 2013

Pontuação DD: 66 – Muito Bom
Safra: 2013
Origem: Garibaldi, Brasil
Vinícola: Vinhos Vaccaro (http://www.vinhosvaccaro.com.br/)
Uvas: Malbec
Teor alcoólico: 12,5%
Amadurecimento: 4 meses em barricas de carvalho
Importadora: --- *vinho nacional
Preço aproximado: --- *vinho recebido de presente

Nenhum comentário:

Postar um comentário